Eu amo a Internet!

É muito bom!!!! Deus! Obrigado por me deixar ver tantas coisas fantásticas como essa! São coisas que, sem a internet, eu nunca teria acesso. Aliás, é muito bom todas essas pessoas no YouTube, fazendo as coisas mais absurdas do mundo! É muito bom ver quão é gigantesca a diversidade na terra, e como ela não tem limites, aliás… não tem nem noção… São bundas rebolando, gente bêbada sendo entrevistada, cachorro fazendo coisas inusitadas, uma mensagem para a mãe que tá longe, um vídeo ridículo para a namorada… Pior! Uma cacetada deles. É tudo muito brega, muito ridículo, muito sem noção, muito bom! São pessoas tendo os seus infinitos cinco, porque quinze é muito para a web, apesar de ter quem insista, minutos de fama.

O mais interessante de tudo isso é que lá, na web, tudo fica interessante, tudo que não interessaria a ninguém, aquilo que se faz, ou fazia, no quarto sem que ninguem estivesse vendo, para que ninguém visse mesmo! Hoje são esses segredos, as coisas mais compartilhadas na net. Sem medo de ser julgado ridículo, sem constragimentos, muito pior do que isso, sendo essas coisas que tornam tais personagens, estrelas da web.

Mas já que estamos falando da absurda falta de noção humana, não poderia deixar de citar a parte mais inacreditável disso tudo: aqueles que fazem de verdade! Ou seja: levam a sério o que estão fazendo!

Um dia desses eu tive o incomensurável prazer de me embolar de rir com o vídeo de INRI Cristo por exemplo. E momentos como esses são impagáveis… Assim como foram todos os outros em que recebí um e-mail com um link de um vídeo como esse.

Desses vídeos surgem então os melhores, mais absurdos, mais ridículos e mais fantásticos ícones da internet, detentores de tanta fama que passam a serem poderosos atrativos para uso comercial. É quando entra em cena a velha “sacadinha” de um ou outro publicitário, ou qualquer criativo atento e faz coisas como a fantástica campanha de lançamento da Aeiou que utiliza personagens dos vídeos mais assistidos no Youtube para montar um vídeo análogo ao antológico We Are The World. A campanha tem sido um sucesso e o vídeo tem sido assistido pela internet sem nenhum custo de veiculação.

Um outro case fantástico é o Lonelygirl15 que começou no Youtube como se fossem simples depoimentos de garotas solitárias que não tinham com quem conversar, o que, na verdade, não passava de uma super ação de Marketing de Guerrilha para o lançamento da série que é assistida na própria web.

Por isso e mais um monte de facilidades, de coisas extraordinárias que se pode  ter acesso e ainda fazer parte, por deixar as pessoas fazerem parte de algo. Sem falar no e-mail, nos infinitos meios de comunicação direta e indireta, na velocidade de tudo isso… Enfim… Por isso tudo é que eu AMO A INTERNET!!!

Só pra mostrar como eu amo a internet:

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: